A importância do business english

Antes visto como um diferencial, o domínio do inglês se tornou uma exigência básica no mercado de trabalho. Ainda assim, muitas empresas carecem de funcionários realmente fluentes no idioma. Em um mundo corporativo cada vez mais globalizado, não basta apenas saber se comunicar.

Demonstrar um vocabulário rico e um uso gramatical sem erros é especialmente importante para a imagem das multinacionais, que são as principais clientes da UP Language.

teste-de-ingles-up-languagePowered by Rock Convert

Conforme explica o CEO Lúcio Sardinha, as filiais do exterior só confiam no trabalho brasileiro à medida que consigam se comunicar conosco: “se o indivíduo não possui um inglês à altura, o estrangeiro tende a pensar que ele também não sabe exercer a sua função”. Dessa forma, mesmo um funcionário com bons conhecimentos técnicos pode ser desvalorizado se não dominar a língua. Essa preocupação está fortemente presente nas áreas da empresa que devem se reportar às matrizes no exterior, como é o caso do comercial e do financeiro.

Para formar uma equipe bilíngue, no entanto, não adianta buscar soluções rápidas e milagrosas. Parâmetros internacionais estabelecem que são necessárias em média 720 horas de treinamento formal de inglês para que um adulto se torne fluente, ou seja, atinja 70% da competência de um nativo americano. Geralmente, esse estudo é dividido em seis níveis de um ano de duração cada. O resultado também depende muito da escolha do professor e do uso de um bom livro.

 

politica_de_idiomas_para_empresas_up_languagePowered by Rock Convert

Atenta a esses e outros pré-requisitos, a UP Language também se diferencia das escolas de idiomas clássicas ao trabalhar com o business english. Ou seja, as aulas não apenas visam o ganho de fluência como também dão as ferramentas necessárias para interagir em ambientes de negócios. Dessa forma, os funcionários aprendem o vocabulário e os jargões específicos da área comercial, que não são ensinados nos cursos comuns e fazem a diferença no cotidiano de trabalho.

Para ilustrar isso, um bom exemplo é a palavra forecast. Dentro do mundo corporativo, esse termo geralmente está relacionado a sales forecast, ou seja, a previsão de vendas. Um funcionário com pouco estudo, no entanto, tende a relacionar a palavra apenas com weather forecast, que significa previsão do tempo. São minúcias como essa que fazem a diferença no trato com clientes ou superiores estrangeiros.

Se interessou?

Entre em contato pelo telefone (11) 5105-0200

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber nossas atualizações por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.